TUDO ACEITA E NADA MERECE

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Não há direito...

Pobre governo. Imaginem que a oposição chumbou o aumento encapotado de impostos que aí vinha. O "nosso" Sócrates não cabe em si de indignado.

Ao fim e ao cabo não nos esqueçamos que o injustiçado primeiro-ministro e o seu governo pouco mais de um mês têm e além disso - muito importante - herdaram uma situação dramática do governo anterior.

3 comentários:

Cristina disse...

Bom fim de semana, com calma e sol!

Nuno Castelo-Branco disse...

Mas afinal, isto é ou não uma democracia parlamentar. Ou S. Bento apenas serve como caixa de ressonância de palmas?
Falam muito na "Europa" e assim, comecem a aprender os métodos que já foram - até 1910 - a tradição parlamentar. De facto, estão muito mal habituados.

Joana Nicolau disse...

Penso que a Assembleia se limitou a adiar a entrada em vigor do novo Código Contributivo. O que tenho a dizer é que aquilo é do mais mal feito que já vi em termos de legislação fiscal. Podiam ter aproveitado para fazer as remissões necessárias para o código do IRS e simplificar, mas não... toca é a complicar ainda mais.

Duvido muito que as trabalhadas do Código Contributivo se resolvam até 2011, mas tenho a certeza que quando entrar em vigor, vai ser uma paulada no tecido empresarial.